Nonsense consensual em forma de blogue.
Criado no dia 22 de Abril de 2012.

A Change of Heart

+ 10 comentários

João amava Maria. Perdidamente. Do fundo do coração.

João tinha problemas cardíacos e um dia a máquina pifou.

Correram para o hospital. Safou-se mas avisaram-no que teria que ser sujeito a um transplante o mais depressa possível.

João amava Maria. Perdidamente. Do fundo do coração.


Um dia telefonaram ao João. Tinham um coração para ele.

João foi operado. Já não tinha problemas cardíacos e iria viver até aos cem anos com um pouco de sorte.


João já não conhecia Maria. Tristemente. Do fundo do seu novo coração.

10 comentários:

  1. Coração do João amava Maria. Perdidamente. Do fundo do seu ser.

    Coração do João, para mais nada servia. E no meio da terra ele tornava-se terra.

    Maria pelos campos passeava. Uma flor apanhou, que toda a luz irradiava.

    Coração do João, finalmente a Maria se juntava.

    ResponderEliminar
  2. Também pode ser mas perde o espírito Poe deste. :)

    ResponderEliminar
  3. Ao que parece tudo se pode trocar hoje em dia.

    ResponderEliminar
  4. Um Amor nunca se troca... fica sempre guardado, como que em standbay... :)

    ResponderEliminar
  5. Ele não trocou de amor. Trocou de coração e o amor desapareceu. Nem tudo se resume a trocas. E eu odeio "standby"...em bom português, chama-se a isso deixar na prateleira.

    ResponderEliminar
  6. E por ter trocado de Coração, perdeu o Amor por Maria?
    O Amor está sempre lá, não se troca de coração e já está, curou-se.

    ResponderEliminar
  7. Caecillia...é uma fábula. Caso contrário, os transplantes iriam ser uma grande complicação.

    ResponderEliminar
  8. Para ser uma fábula, as personagens teriam que ser animais. ;) (É só para não seres sempre tu a fazer as críticas :P)

    ResponderEliminar
  9. Boa tentativa mas eu sou escorregadio. :) Toma lá:

    fábula
    (latim fabula, -ae, conversa, lenda, conto, fábula)
    s. f.
    1. Composição, geralmente em verso, em que se narra um facto cuja verdade moral se oculta sob o véu da ficção.
    2. Mitologia.
    3. Mentira.
    4. Ficção, falsidade.
    5. Sucesso inventado.
    6. Assunto principal (com todo o seu desenvolvimento) de um romance, drama, poema, etc.

    ResponderEliminar
  10. Aqui aplicar-se-ia o 1º significado. No entanto, quando os personagens dessas narrativas são seres humanos, passam a chamar-se parábolas e não fábulas. Também não concordo com a parte que diz que geralmente são em verso, embora as versões mais antigas das fábulas que hoje conhecemos tenham sido originalmente escritas em verso. E escusas de me vir com essas definições online que não me fazes mudar de ideias. :P

    ResponderEliminar

Siga-nos por Email