Nonsense consensual em forma de blogue.
Criado no dia 22 de Abril de 2012.

E, se um dia, eu acordasse transformado em gaja?

+ 2 comentários

E, se um dia, eu acordasse transformado em gaja?


Creio que isto seria aflitivo para qualquer homem que se preze. Imaginem para mim que odeio gajas. Abomino-as. Não há nada como um bom exemplar masculino. Viril. Bem cheiroso. Com a barbinha a picar. Chuac! Mimoso!


8h00 Levanto-me. A estas horas nem sei o meu nome quanto mais o meu género. Vou com os olhos fechados à casa de banho onde a sanita me aguarda com a tampa para cima. Sim, é uma casa de banho de gajos. Não se baixa a tampa. Começo a mijar. Sinto as pernas quentes. Ouço mais barulho de líquido a cair no chão do que o habitual quando falho uns centímetros. Foda-se! Onde deixei a minha pila?

08h05 Acordo. Mal mas acordo. Com as pernas mijadas e ainda a não acreditar que tenha perdido a pila, vou fazer o café. Acendo um cigarro, beberrico o café e ligo o televisor.

08h15 Acordo, outra vez. Merda! Isto é mesmo a sério. Não tenho pila. Vou até ao espelho. Olha, e tenho um grande par de mamas! Aliás, até sou uma gaja gira. E boa! Estou fodido. Como é que isto aconteceu?

08h20 Baixo a tampa da sanita. Limpo aquela javardice toda. Agora já percebo a razão de aquilo ficar para baixo. Dou uma mijinha sentado e agarro numa revista que uma namorada qualquer deixou na casa-de-banho. Acendo um cigarro e folheio as novidades das telenovelas. Olha que isto até nem é mau de todo.

08h30 Vou admirar-me em frente ao espelho. Sou mesmo boa.

08h35 Tomo banho. Enquanto me lavo, sinto um estranho prazer com o chuveiro e o sabonete no meio das pernas. Mais uma coisita que não é má de todo. Fico mais uns minutos a testar o meu novo corpo.

09h00 Atrasei-me um pouco. Saio do banho. Seco-me e visto um roupão. Vou à frente do espelho, abro o roupão e olho para mim outra vez. Grossa! Boa! Comia-te toda. Se tivesse pila.

09h01 Deu-me um desejo súbito de deixar a casa-de-banho arrumada e limpa. Quésta merda? Não me controlo. Arrumo a roupa suja toda, passo uma esfregona no chão e ainda vou limpar o restante com um Vileda. Ficou tudo a brilhar. Sinto uma estranha sensação de alívio que não tinha sentido nunca.

09h30 Novo desejo. Apetece-me o telemóvel. Encontro-o. Nunca me tinha dado conta que o amava tanto. Vou enviar umas mensagens para as amigas. Será que a gajinha sabe que o gajo anda com a gajona? Se não sabe, deveria saber. Para isso, é que servem as amigas. SMS. SMS. SMS.

09h50 Creio que arruinei dois casamentos. Os homens não prestam mesmo.

10h00 Sinto-me revigorada. Coitadinha da minha amiga. Vou vestir-me. Tenho ainda algumas roupas da minha ex por aí.

12h00 Estou vestida. Exuberante. Vou ao espelho. Sou mesmo boa.

12h05 Como é que consegui enfiar o carro neste espaço? Bato pela primeira, segunda e terceira vez na vida. Parece que já não sei conduzir.

12h10 Ia para o trabalho mas deu-me uma vontade insaciável de ir a um centro comercial.

12h20 Chego ao centro. Vou estacionar.

12h45 Estacionei e não bati em lado nenhum. Olha! Sapatos! Vou a correr. Olha! Uma loja com promoções. Olha! Um SMS do ex-marido da minha amiga! Escrevo para ele: “Uma amiga avisou-a, foi? Que chatice. Não, não sou o teu amigo. Sou uma amiga dele que ficou com o telemóvel. Queres vir ter ao centro?” Sinto uma vontade incontrolável de trair a minha melhor amiga. Estou a adorar ser mulher.

18h00 Depois te ter estado com o ex da minha melhor amiga, regresso a casa. Sou muito honesta. SMS para ela a contar.

11h00 Acordo. Afinal foi só um sonho e o meu instrumento mantém-se intacto e a casa por arrumar. Graças a Deus! Graças a Deus? Espera...mas eu não sou religioso. Ora foda-se, acordei católico. Mais valia acordar sem pila!




2 comentários:

  1. MUITO MUITO BOM.
    :)
    gente honesta e outra coisa!

    ResponderEliminar
  2. Muito bom mesmo... Ler te é sempre um real
    Prazer ;)

    ResponderEliminar

Siga-nos por Email