Nonsense consensual em forma de blogue.
Criado no dia 22 de Abril de 2012.

O Gato e a Seringa

+ 1 comentário
Hoje ouvi alguém a perguntar como se colocava um gatinho pequeno numa seringa. Não, não foi a Dina Aguiar que perguntou. Bem, creio que existem várias soluções. A de O Perfume do Patrick Süskind é uma. Para quem nem sequer o filme viu, já nem falo no livro, o gato, ou a sua essência, é destilado a conta-gotas. Outra passa por congelar o gato, ralar e depois misturar com leite. Pode-se juntar Nesquik para dar gosto. A mais viável no entanto, passa por não fazer mal ao gato. E como se faz isso, perguntarão?

Com uma seringa maior onde o gato possa entrar.

E para que queremos o gato dentro de uma seringa? Para nada. Limitei-me a responder à dúvida que a outra pessoa tinha colocado. Ela perguntou mesmo isso? Perguntou. Provavelmente, quereria saber como amamentar um gato com uma seringa. Mas foi isso que perguntou.

Duas coisas a reter: uma má pergunta recebe uma má resposta. Nem todas as soluções apresentadas para uma má pergunta obrigam à morte do gato. Basta mudar o objecto da discussão do gato para a seringa.

Ah, foda-se, isso foi a primeira coisa que eu pensei!

Não foi, não. Foi depois de eu dizer e o teu cérebro já nem te sabe dizer agora quem chegou primeiro: a tua ideia ou a minha. O ovo ou a galinha. Esta última frase está aqui só para efeitos de musicalidade e rima.

Terceiro ponto a reter: se a pergunta tivesse sido bem feita, já me tinha despachado com este texto e vocês já poderiam regressar todos aos vossos afazeres. Sem stress, sem complicações. Assim como o Uzo. (Mais uns cobres que ganhei em publicidade)

São este tipo de discussões, relações e ralações que me cansam. Quando não sabem como perguntar, calem-se. Se não existe uma pergunta concreta a fazer, o mais provável é que não existe uma resposta que vos satisfaça também. Chama-se a isto um não-assunto. E falar sobre não-assuntos tem um nome: desconversar.

Caso exista um assunto, façam bem a pergunta. Ou correm o risco de matar o gato.


1 comentários:

  1. Já vi O Perfume e quando o vi pensei em ler o livro ( o livro é sempre melhor que o filme).
    Gostas do Dexter.
    Clonagem ( resposta ao gato )
    Também gostava de ganhar uns trocos extras a fazer uma coisa que gosto. Ensina-me!
    Concordo e também te adoro!!!
    LOLOLOLOLOLOLOLOLOL!!!!

    ResponderEliminar

Siga-nos por Email