Nonsense consensual em forma de blogue.
Criado no dia 22 de Abril de 2012.

Lucky Strike

+ 2 comentários


Há uns dias, enquanto a Nelma tomava a liberdade de me desafiar, eu optava por tomar um copo junto à praia. Cada um toma o que mais gosta e onde lhe sabe melhor.
Mas chega de estar a medir pilinhas com a Nelma porque vou obviamente perder.

Hoje, foi diferente.
Ao abrir a porta, sorri com a invasão de cheiro a chuva, uma lareira algures, terra molhada e merda. Hoje não vou à capital. Lisboa é como uma amante, gosto de lá ir mas quando quero paz é longe dela que me sinto bem.

Acabou a semana dos programas da manhã acompanhados de café e nicotina. Acabou a semana em que o Goucha dizia que se um tubarão lhe mordesse as extremidades ficaria empaturrado. Nunca imaginei que o Goucha tivesse uns cornos tão grandes. O mesmo apresentador participou nesta conversa:

- Cristina Ferreira: O que é uma pota?
- Goucha, ex-cozinheiro e wannabe mestre gourmet: É como um polvo.
 - Cozinheiro convidado não sei com quantos cursos: É da família do peixe.

  • Ó ignorantes de merda, será que ninguém sabe que a pota é quase a mesma merda que uma lula?

É com isto que tenho que levar durante a semana. Isto e as políticas sem sentido como as do Bloco de Esquerda. Com que então votaram contra os deputados do BE perderem o subsídio de férias? Sim senhor, belo exemplo da bancada da ganza e das casas de chuto. Depois, não se esqueçam de gritar a plenos pulmões que são diferentes só porque defendem as coisinhas mais populistas e evidentes como o direito à união de facto entre pessoas do mesmo género. A propósito disso, ainda me lembro do Chico Louçã dizer: “ A liderança do BE pode e deverá ser bicéfala com um homem e uma mulher como é natural.” Diz lá outra vez, Chico? Então? Andamos a resvalar para a tua odiada direita? Ou só fora da tua casa é que admites casais homossexuais?

Não tenho muito mais para escrevinhar hoje. Continuo a ficar admirado de viver num mundo onde as pessoas preferem ver programas de gordos a tentar emagrecer do que programas a alimentar quem tem fome mas eu sou um gajo esquisito e, se calhar, estou errado.

Até apanharia uma camioneta e iria até à minha amante Lisboa ver o que se passa mas um passe social é um quarto do ordenado mínimo. Coisa gira.

País de merda com gente de merda. E não, não estou maldisposto. Só não gosto de apanhar chuva quando vou comprar tabaco.








2 comentários:

Siga-nos por Email